O que é Ansiedade?

Ansiedade é um alerta da nossa mente para nos ajudar nos desafios da vida, mas pode se tornar um problema, quando ocorre de forma frequente e rotineira em nosso dia a dia. Se você está frequentemente vivenciando esta emoção, a ponto disto atrapalhar a sua vida, é muito importante que você procure uma ajuda profissional antes que isto se torne patológico e comprometa sua saúde emocional.

Daniel Ferreira

4/17/20233 min read

Uma mulher sentindo mal estar no peito, com um copo térmico de café na mão
Uma mulher sentindo mal estar no peito, com um copo térmico de café na mão

A Ansiedade é uma emoção básica e para entendê-la melhor é importante analisarmos sua origem. Provavelmente esta emoção foi essencial para formar quem somos hoje e juntamente com a emoção do medo, ajudou nossa espécie a se proteger e evoluir.

A vida nos proporciona diversas ameaças e para sobrevivermos com segurança precisamos de alertas em nossa mente para nos protegermos da forma correta e no tempo certo. Neste momento o medo e a ansiedade chegam quase a se confundir, mas são muito diferentes. O medo é uma emoção gerada por algo muito específico e imediato – por exemplo, a visão de um leão faminto. Já a ansiedade é gerada pela ideia de que em algum lugar próximo possa existir um leão faminto que possa atacar a qualquer momento. Ou seja, a ansiedade é gerada por uma expectativa do futuro.

Então a Ansiedade nada mais é que um alerta da nossa mente para nos ajudar nos desafios da vida, mas pode se tornar um problema, quando ocorre de forma frequente e rotineira. Ela pode ser gerada em diversas situações do dia a dia, como falar em público, expectativa para datas importantes, entrevistas de emprego, vésperas de provas, exames de saúde, doenças e dores, abuso de drogas, álcool ou medicação e diversas outras situações.

Se você está frequentemente e de forma muito intensa vivenciando esta emoção, a ponto disto atrapalhar a sua vida, é muito importante que você procure uma ajuda profissional antes que isto se torne patológico e comprometa sua saúde emocional.

Agora, se você está em dúvida se sua ansiedade é normal ou ultrapassa os limites e pode ser considerada um transtorno. Confira os sintomas abaixo.

Sintomas das Crises de Ansiedade

Conheça os principais sintomas físicos da ansiedade:

  • Respiração ofegante e falta de ar

  • Palpitações e dores no peito

  • Fala acelerada

  • Sensação de tremor e vontade de roer as unhas

  • Agitação de pernas e braços

  • Tensão muscular

  • Tontura e sensação de desmaio

  • Enjoo e vômitos

  • Problemas digestivos

  • Irritabilidade

  • Enxaquecas

  • Boca seca e hipersensibilidade de paladar

  • Insônia

Conheça os principais sintomas psicológicos da ansiedade:

  • Preocupação excessiva

  • Dificuldade de concentração

  • Nervosismo

  • Medo constante

  • Manias e pensamentos obsessivos

  • Sensação de perda de controle

  • Necessidade de Perfeccionismo

  • Desequilíbrio dos pensamentos

  • Compulsão alimentar ou Falta de Apetite

Talvez agora você esteja se perguntando se é possível voltar a controlar esta ansiedade. Veja algumas estratégias abaixo.

Como controlar uma crise de ansiedade?

Com certeza algo ativou esta ansiedade, se você sabe qual foi o gatilho - por exemplo: Uma apresentação, uma notícia ou situação ruim ou simplesmente foi gerado por uma substância ingerida. Basta você evitar este gatilho e não haverá nada descontrolando sua ansiedade.

Mas nem sempre é possível evitar o gatilho que gera o descontrole da nossa ansiedade. Nestes casos recomendamos as seguintes estratégias:

  • Sessões de Psicoterapia Integrativa - Utilizando diversas abordagens integrativas e Sistêmicas, incluindo Hipnose Clínica e Programação Neurolinguística.

  • Praticar atividade física - A prática frequente libera endorfina e regula o sono, proporcionando bem-estar. Se você gosta de competição, estabeleça uma meta, como por exemplo correr uma prova.

  • Praticar meditação - Cinco minutos diários para observar a respiração já é o suficiente para começar. Os Neurocientistas acreditam que estas práticas aumentam a região do córtex pré-frontal esquerdo, responsável pelo sentimento de felicidade.

  • Ouvir música - É um tipo de meditação e quando estamos focados em uma música que amamos e desperta sensações positivas mudamos rapidamente nosso estado atual.

  • Manter uma alimentação saudável - Algumas vitaminas são necessárias para a formação de neurotransmissores que estimulam o humor, enquanto outras fornecem energia para células cerebrais ou as protegem de danos.

Todos passamos por momentos que causam ansiedade e se forem muito frequentes ou muito intensos, é recomendado que você procure um profissional especializado para te ajudar. Converse conosco e marque uma sessão de avaliação de Psicoterapia Integrativa.